Conheça mais sobre o Museu Dom Diogo de Souza localizado em Bagé

Criada em 14/01/2020



Para assinalar o nascimento de Dom Diogo de Souza, em Bagé, foi preparada uma enorme programação no mês de maio de 1955. Incluindo a “Exposição Histórica e Cultural de Bagé”, idealizada pelo historiador Tarcísio Antonio da Costa Taborda, que considera importante constituir-se na primeira demonstração pública da viabilidade de ser criado um Museu no município de Bagé. 

A inauguração do Museu Dom Diogo de Souza ocorreu no dia 20 de setembro de 1956, com sede em duas salas da Vila Vicentina, onde ficou instalado até 1974. Com o crescimento, em 22 de março de 1975, o museu mudou-se para a Sociedade Portuguesa de Beneficência. Em celebração de convênio, em 1969, o museu Dom Diogo de Souza passa a ser mantido e integrar à Fundação Attila Taborda, onde permanece até os dias atuais. 

O museu Dom Diogo de Souza recebe cerca de 12 mil visitantes, estudantes e pesquisadores, anualmente. 

Em acervo

Conta com um acervo histórico e diversificado oriundo de doações da comunidade; na Hemeroteca Isidoro Paulo de Oliveira (coleção de periódicos e revistas de Bagé e RS), objetos do cotidiano, imagens sacras, objetos das revoluções, vestuário, coleção de numismática (cédulas e moedas), documentos, biblioteca, de Autores Bageenses, e Biblioteca de Tarcísio Antônio da Costa Taborda. Além da Fototeca Túlio Lopes, com acervo de aproximadamente cem mil fotos. Vale ressaltar, que a este museu foi incorporado o acervo do Museu Patrício Corrêa da Câmara. 

Para a FAT/Urcamp, o museu Dom Diogo de Souza tem a importante missão de ser o guardião da história e da cultura de Bagé e região, com o desenvolvimento de atividades, compatíveis com sua finalidade e baseado no conceito IBRAM de museu. Cumprindo o objetivo de pesquisar, coletar, preservar, democratizar, comunicar e educar sobre a história de Bagé e região. 

Funcionamento

Atualmente, o museu Dom Diogo de Souza funciona de terças à sextas-feiras, de manhã das 8h30min às 11h30min e pela tarde das 14h às 18h. Aos sábados e domingos, funciona das 14h às 18h. Ficando localizado na Av. Emilio Guilyan, 759. 

 

As informações divulgadas são de autoria da FAT/Urcamp*